tipos de perfil de investidor

Perfil Do Investidor — Quais São e Para Que Servem?

Conheça o seu perfil de investidor e tenha em mente quais as aplicações ideais para você não ter prejuízos e aumentar o seu rendimento!

Você sabia que é fundamental saber o seu perfil de investidor antes de fazer as suas primeiras aplicações? Essa prática proporciona mais segurança no momento de investir e ajuda a conquistar os resultados pretendidos com aqueles investimentos. 

Se você ainda não sabe qual o seu perfil de investidor e deseja entender quais são os tipos e a importância de cada um deles, no mundo das finanças, continue lendo este artigo e descubra. 

Quais são os perfis de investidores do mercado financeiro?

Também conhecido como suitability (aptidão em português), o perfil de investidor é o termo usado para entender as características daquela pessoa e a sua tolerância a riscos em relação a um investimento. 

Por isso, conhecer todos os tipos de perfis é de extrema importância para montar uma carteira de investimentos ideal, de acordo com o seu estilo e conhecimento do mercado financeiro. 

Segundo a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) existem três tipos de perfis: conservador, moderado e arrojado (agressivo). 

Quer saber qual o seu perfil de investidor? Veja a seguir:

Perfil conservador

Como o próprio nome já diz, o perfil conservador é aquele que se conserva, ou seja, possui mais cautela ao fazer as suas aplicações. Isso porque, a pessoa que tem esse perfil não quer correr o risco de perder dinheiro e preza pela segurança em primeiro lugar. 

Pessoas com perfil conservador abrem mão de uma maior rentabilidade para ter mais garantias de que não irão perder dinheiro. Em outras palavras, optam por ativos que dão menos retorno, para não colocar o seu patrimônio em risco. 

Esse tipo de investidor pode até colocar uma pequena parcela do seu dinheiro em ações de risco moderado, porém a maior parte das suas aplicações são em ativos de renda fixa, como:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB): aplicação em bancos e instituições financeiras no geral, que usarão o dinheiro investido para realizar empréstimos e dar crédito aos seus clientes;
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio  (LCA): aplicação do seu capital em instituições financeiras que irão utilizar esses recursos no ramo imobiliário ou do agronegócio;
  • Debêntures: é um título de crédito representativo de dívida, que proporciona para os seus detentores o direito de crédito contra a companhia emissora. 

Perfil moderado

O perfil moderado está relacionado àquele investidor que está disposto a correr algum risco, a fim de conquistar o seu retorno a médio prazo, porém, sempre prezando pela segurança do seu capital. 

Neste caso, o investidor moderado está aberto a equilibrar a carteira, entre renda fixa e renda variável. Sendo assim, possui mais disposição para arriscar em comparação com o perfil conservador, mas não a ponto de comprometer totalmente o seu patrimônio. 

Entre os investimentos mais adequados para o investidor de perfil moderado estão:

  • fundo multimercado: é ideal para aqueles investidores que desejam variar a sua carteira de investimentos, mesclando os de renda fixa e variável ou ações e cotas de outros fundos e até aqueles ligados a oportunidades internacionais;
  • tesouro selic: rendimento que varia de acordo com as taxas básicas de juros e o investidor poderá acompanhar o retorno das aplicações ao longo do tempo;
  • tesouro IPCA: este investimento é um título público relacionado ao principal índice de inflação no Brasil e uma taxa pré-fixada. 

Perfil arrojado

O perfil arrojado ou agressivo é aquele investidor que não tem medo de arriscar, pois busca retornos significativos no mercado financeiro

A pessoa com perfil arrojado costuma ter mais experiência no mundo dos investimentos e não se abala facilmente caso ocorra alguma perda financeira, pois, futuramente pode ser recompensado com uma alta rentabilidade. 

Além disso, não só de riscos se vive o investidor arrojado. Ele também possui uma parcela dos seus investimentos em uma carteira de investimentos mais conservadores, a fim de manter a sua reserva de emergência. 

Entre os principais tipos de investimentos ideais para o perfil arrojado estão:

  • ações da bolsa de valores: esse tipo de aplicação é totalmente variável, podendo mudar de acordo com as oscilações do mercado. Ou seja, quem opta por esses ativos precisa estar ciente que pode levar algum prejuízo;
  • fundos imobiliários: investir em ativos imobiliários é uma das melhores opções para o perfil arrojado. Isso porque, possui alto rendimento, mas nem sempre é possível vender ou alugar imóveis, não tendo o retorno que esperava. 

Agora que você já sabe qual o seu perfil de investidor e os tipos de aplicações que são ideais para cada um deles, é fundamental entender como gerenciar os investimentos, leia este artigo e descubra a importância!

Gostou ? Que tal compartilhar com os amigos ....

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe aqui seu comentário ...

Assine nossa newsletter
com conteúdo exclusivo.