Finanças Corporativas: Como Utilizar De Forma Inteligente?

Finanças Corporativas — Como Utilizar De Forma Inteligente

Saiba como utilizar as finanças corporativas de formas mais estratégicas, visando o crescimento saudável e sustentável da sua empresa.

Mais do que fazer o controle de entradas e saídas, uma empresa que pretende crescer precisa fazer projeções estratégicas. Manter a organização das finanças corporativas é o primeiro passo para isso — o que exige muito estudo e análises recorrentes. 

Neste artigo, vamos dar algumas dicas para você, que quer otimizar o planejamento financeiro dos negócios que atende. 

3 dicas para otimizar o uso das finanças corporativas

O papel das finanças corporativas é, antes de mais nada, manter a saúde financeira de uma organização, a fim de que ela cresça de maneira sustentável. Sendo assim, cabe aos profissionais da área fazerem:

  • análises de riscos;
  • mapeamento de oportunidades;
  • controle do fluxo de caixa a curto, médio e longo prazo.

Para otimizar essas atividades e desempenhar a função de maneira mais inteligente, existem algumas dicas. Confira!

1. Siga o planejamento estratégico

O planejamento estratégico deve estabelecer objetivos de uma empresa — como abrir filiais, contratar mais pessoal, entre outros —, além dos caminhos que devem ser seguidos para alcançá-los. Na hora de organizar as finanças corporativas, é importante que as metas sejam consideradas, a fim de viabilizar, economicamente, a sua realização. 

Sendo assim, o financeiro precisa trabalhar para encontrar soluções que tornem possíveis as expansões futuras e novos investimentos. 

2. Desenhe um plano tático

Depois de ter em mãos as metas e os objetivos, é importante que seja estipulado um orçamento para o cumprimento de cada um deles. Quanto será preciso para que eles sejam colocados em prática? Em quanto tempo, considerando a situação atual, eles podem ser alcançados?

Faça essas projeções considerando os ganhos e as despesas fixas e variáveis de mês a mês.

3. Revise o plano periodicamente

É comum que as empresas façam planos estratégicos e financeiros anual ou semestralmente. Entretanto, enquanto profissional de finanças, é essencial que você acompanhe os gastos, a rentabilidade e as projeções entre períodos menores. 

Imprevistos podem acontecer — tanto dentro da empresa quanto no mercado financeiro de modo geral — e oportunidades podem surgir de onde menos se espera. Portanto, esse acompanhamento periódico é importante para reconhecê-los e traçar ações rápidas. 

Vale lembrar que as finanças corporativas devem ser consideradas e organizadas de maneira independente das finanças pessoais. Elas precisam ser separadas para não causar confusões e acabar atrapalhando tanto a empresa quanto o indivíduo.

Veja neste artigo algumas dicas para organizar as finanças pessoais.

Gostou ? Que tal compartilhar com os amigos ....

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe aqui seu comentário ...

Assine nossa newsletter
com conteúdo exclusivo.