tipos de certificações do mercado financeiro

Certificações do Mercado Financeiro — Conheça as Principais

Você sabia que as certificações do mercado financeiro são essenciais para o crescimento profissional nesta área? Confira mais detalhes neste artigo!

As certificações do mercado financeiro são essenciais para sinalizar a capacidade técnica do profissional e, algumas delas, são exigidas para o desempenho de algumas atividades em bancos, gestoras de recursos (assets) e, até mesmo, para o desempenho das atividades de consultor de investimento e gestor de carteiras. 

Cada vez mais as pessoas buscam conhecimento e estão interessadas neste assunto que está em alta e tem um enorme potencial de crescimento ao longo dos anos. 

Se você se enquadra nesse grupo e também pretende se especializar em questões financeiras, este é o lugar certo! Neste artigo, você vai conhecer as certificações do mercado financeiro ideais para quem quer seguir carreira na área. 

5 certificações do mercado financeiro que você precisa conhecer!

Existem diversas certificações do mercado financeiro indicados para diferentes tipos de profissionais, como:

  • funcionários de instituições financeiras que seguem o Código de Certificação da ANBIMA;
  • profissionais de órgãos públicos;
  • estudantes. 

No entanto, há as principais e que são fundamentais para ingressar neste mercado. Para isso, listamos quais são elas e as características de cada uma, para facilitar o entendimento e saber qual a ideal para o seu nível de aprendizado.  

Veja os cinco tipos de certificações do mercado financeiro:

CPA-10

A CPA (Certificação Profissional Anbima) é a certificação mais comum do mercado financeiro e está dividida em duas partes: CPA-10 e CPA-20.

A CPA-10 é uma certificação destinada aos profissionais de instituições que atuam na prospecção e vendas de produtos de investimento, diretamente para o público-alvo, sobretudo em agências bancárias ou plataformas de atendimento desse segmento. 

A prova é realizada pela ANBIMA(Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), composta por 50 questões, que devem ser respondidas em até duas horas e, para obter a aprovação, é necessário acertar 70% da prova. 

CPA-20

A CPA-20 é a certificação destinada também para profissionais que atuam em instituições financeiras, buscando consumidores e vendendo produtos de investimentos. Mas, nesse caso, é indicado para quem irá lidar com clientes de alta renda, como private banking e investidores institucionais.

Essa certificação é ideal para quem deseja possuir um conhecimento maior no segmento e ter ainda mais prestígio ao ser contratado por outra empresa. 

Na prova de certificação do CPA-20 é necessário acertar 70% das 60 questões no período de até duas horas e trinta minutos. 

CEA – Certificação de Especialista em Investimentos

A CEA (Certificação de Especialista em Investimentos) é o próximo passo para crescer ainda mais na carreira no mercado financeiro. Ela é recomendada para profissionais que desejam se tornar assessores de gerentes de contas de investidores pessoas físicas em investimentos, podendo indicar Produtos de Investimento.. 

Essa certificação permite que você atue na distribuição de  produtos de investimento  e de previdência complementar aberta. 

Para ter essa comprovação, é necessário acertar 70% das 70 questões e terá três horas e trinta minutos de exame. 

CFP – Certified Financial Planner

A certificação CFP (Certified Financial Planner) é destinada para quem deseja se tornar um planejador financeiro. Com esse documento, o profissional poderá avaliar os riscos e oportunidades de cada cliente para, com base nisso, elaborar uma estratégia de investimento eficaz para determinados perfis. 

Apesar de não ser obrigatória, a certificação CFP é uma maneira de se diferenciar no mercado de trabalho e ter ainda mais oportunidades de crescimento na carreira. 

Para ter essa certificação, é necessário possuir mais de três anos de experiência no mercado e fazer o exame de avaliação, que pode ser realizado de forma completa ou em módulos.

Se a escolha for fazer a prova completa, é necessário acertar 70% dos seis módulos do exame em 7:30 horas. Já para quem optar por fazer em módulos, terá que acertar 70% obrigatoriamente em cada módulo.

CFA – Chartered Financial Analyst

O CFA (Chartered Financial Analyst) é uma certificação internacional, reconhecida em todo o mundo. 

Por ser uma certificação  reconhecida internacionalmente, ela possui o mais alto nível de reconhecimento jurídico e regulatório global de qualificações relacionadas a finanças. Além disso, por ter cunho internacional, é permitido que profissionais habilitados trabalhem em instituições do exterior. 

No entanto, a avaliação para ter essa certificação é um pouco diferente das demais. Entre os requisitos que devem ser cumpridos, estão:

  • diploma de bacharel ou mais de quatro de experiência no mercado;
  • ter passaporte de viagem internacional ativo;
  • assinar um código de conduta e ética;
  • saber falar em inglês. 

Vantagens de ter certificações do mercado financeiro

Agora que você já sabe as características das principais certificações do mercado financeiro  e o que fazer para conquistá-las, é fundamental ter em mente também quais são as vantagens de obter  essas certificações:

  • ter mais qualificação profissional;
  • aumentar as chances de crescimento na carreira;
  • atender pré-requisitos para novos cargos;
  • se manter atualizado sobre o mercado financeiro;
  • ter mais autoridade no assunto ao passar para os clientes.   

Agora que você já sabe quais são as principais certificações do mercado financeiro, leia o artigo sobre a certificação CPA-10 para dar o primeiro passo neste universo, se aprofundar ainda mais sobre o assunto e saber como obter essa certificação .

Gostou ? Que tal compartilhar com os amigos ....

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe aqui seu comentário ...

Assine nossa newsletter
com conteúdo exclusivo.